27. An-Naml - سورة النمل - ( The Ant ) - Read Quran القران الكريم in Portuguese translation
 


The Quran  in
Show Arabic Text Show All Translations
سورة النمل
An-Naml | 93 verses | The Ant | Sura #27 | Meccan
Search | Recitation | Topics | Uthmani Script | Words | Quran Teacher
1Tah, Sin. Estes são os versículos do Alcorão, o Livro lúcido,
 
2Orientação e alvíssaras para os fiéis,
 
3Que observam a oração pagam o zakat e estão persuadidos da outra vida.
 
4Em verdade, àqueles que não crêem na outra vida, abrilhantaremos as suas ações, e eis que se extraviarão.
 
5Estes são os que sofrerão o pior castigo e, na outra vida, serão os mais desventurados.
 
6Em verdade, ser-te-á concedido o Alcorão, da parte do Prudente, Sapientíssimo.
 
7Recorda-te de quando Moisés disse à sua família: Divisei fogo; trar-vos-ei notícias dele, ou trar-vos-ei uma áscua, paraque vos aqueçais.
 
8Mas quando chegou a ele, ouviu uma voz: Bendito seja Quem está dentro do fogo e nas suas circunvizinhanças, e glória aDeus, Senhor do Universo!
 
9Ó Moisés, Eu sou Deus, o Poderoso, o Prudentíssimo.
 
10Arroja o teu cajado! E ao fazer isso, viu-o agitar-se, como se fosse uma serpente; voltou-se em fuga, sem se virar. (Foi-lhe dito): Ó Moisés! Não temas, porque os mensageiros não devem temer a Minha presença.
 
11Mas se alguém, tendo-se condenado, logo se arrepende, trocando o mal pelo bem, (saiba que) sou Indulgente, Misericordiosíssimo.
 
12E conduza a tua mão em teu manto, e daí a retirarás diáfana; (este será) um dos nove sinais perante o Faraó e seu povo, porque são depravados.
 
13Porém, quando lhes chegaram os Nossos evidentes sinais, disseram: Isto é pura magia!
 
14E os negaram, por iniqüidade e arrogância, não obstante estarem deles convencidos. Repara, pois, qual foi o destino doscorruptores.
 
15Havíamos concedido a sabedoria a David e Salomão, os quais disseram: Louvado Seja Deus Que nos preferiu a muitosde Seus servos fiéis!
 
16E Salomão foi herdeiro de David, e disse: Ó humanos, tem-nos sido ensinada a linguagem dos pássaros e tem-nos sidoproporcionada toda graça. Em verdade, esta é a graça manifesta (de Deus).
 
17E foram consagrados ante Salomão, com os seus exércitos de gênios, de homens e de aves, em formação e hierarquia.
 
18(Marcharam) até que chegaram ao vale profundo das formigas. Uma das formigas disse: Ó formigas, entrai na vossahabilitação, senão Salomão e seus exércitos esmagar-vos-ão, sem que disso se apercebam.
 
19(Salomão) sorriu das palavras dela, e disse: Ó Senhor meu, inspira-me, para eu Te agradecer a mercê com que meagraciaste, a mim e aos meus pais, e para que pratique o bem que Te compraz, e admite-me na Tua misericórdia, juntamentecom os Teus servos virtuosos.
 
20E pôs-se a vistoriar os bandos de pássaros e disse: Por que não vejo a poupa? Estará, acaso, entre os ausentes?
 
21Juro que a castigarei severamente ou a matarei, a menos que se apresente uma razão evidente.
 
22Porém, ela não tardou muito em chegar, e disse: Tenho estado em locais que tu ignoras; trago-te, de Sabá, uma notíciasegura.
 
23Encontrei uma mulher, que me governa (o povo), provida de tudo, e possuindo um magnífico trono.
 
24Encontrei-a, e ao seu povo, e se prostrarem diante do sol, em vez de Deus, porque Satã lhes abrilhantou as ações e osdesviou da senda; e por isso não se encaminham.
 
25De sorte que não se prostram diante de Deus, Que descobre o obscuro nos céus e na terra, e conhece tanto o que ocultaiscomo o que manifestais.
 
26Deus! Não há mais divindade além d'Ele! Senhor do Trono Supremo!
 
27Disse-lhe (Salomão): Já veremos se dizes a verdade ou se és mentirosa.
 
28Vai com esta carta e deixa-a com eles; retrai-te em seguida, e espera a resposta.
 
29(Quando a ave assim procedeu) ela (a rainha) disse: Ó chefes, foi-me entregue uma carta respeitável.
 
30É de Salomão (e diz assim): Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso.
 
31Não vos ensoberbeçais; outrossim, vinde a mim, submissos!
 
32Disse mais: Ó chefes, aconselhai-me neste problema, posto que nada decidirei sem a vossa aprovação.
 
33Responderam: Somos poderosos e temíveis; não obstante, o assunto te incumbe; considera, pois, o que hás deordenar-nos.
 
34Disse ela: Quando os reis invadem a cidade, devastam-na e aviltam os seus nobres habitantes; assim farão conosco.
 
35Porém, eu lhes enviarei presente, e esperarei, para ver com que voltarão os emissários.
 
36Mas quando (o emissário) se apresentou ante Salomão, este lhe disse: Queres proporcionar-me riquezas? Sabe queaquelas que Deus me concedeu são preferíveis às que vos concedeu! Entretanto, vós vos regozijais de vossos presentes!
 
37Retorna aos teus! Em verdade, atacá-los-emos com exércitos que não poderão enfrentar, e os expulsaremos, aviltados ehumilhados, de suas terras.
 
38Disse (dirigindo-se aos seus): Ó chefes, quem de vós trará o trono dela, ates que venham a mim, submissos?
 
39Um intrépido, dentre os gênios, lhe disse: Eu to trarei ates que te tenhas levantado do teu assento, porque sou poderoso efiel ao meu compromisso.
 
40Disse aquele que possuía o conhecimento do Livro: Eu to trarei em menos tempo que um abrir e fechar de olhos! Equando (Salomão) viu o trono ante ele, disse: Isto provém da graça de meu Senhor, para verificar se sou grato ou ingrato. Pois quem agradece, certamente o faz em benefício próprio; e saiba o mal-agradecido que meu Senhor não necessita deagraciamentos, e é Generoso.
 
41Disse: Dissimulai-lhe o trono, e assim veremos se ela está iluminada ou se está inscrita entre os desencaminhados.
 
42E quando (a rainha) chegou, foi-lhe perguntado: O teu trono é assim? Ela respondeu: Parece que é o mesmo! E eis querecebemos a ciência antes daquilo, e nos submetemos (à vontade divina).
 
43Desviaram-na aqueles a quem ela adorava, em vez de Deus, porque era de um povo incrédulo.
 
44Foi-lhe dito: Entra no palácio! E quando o viu, pensou que no piso houvesse água; e, (recolhendo a saia), descobriu assuas pernas; (Salomão) lhe disse: É um palácio revestido de cristal. Ela disse: Ó Senhor meu, em verdade fui iníqua; agorame consagro, com Salomão, a Deus, Senhor do Universo!
 
45Havíamos enviado ao povo de Samud seu irmão, Sáleh, que disse aos seus membros: Adorai a Deus! Porém, eis que sedividiram em dois grupos, que disputavam entre si.
 
46Perguntou-lhes (Sáleh): Ó povo meu, por que apressais o mal em vez do bem? Por que não implorais o perdão de Deus, talvez recebereis misericórdia.
 
47Responderam-lhe: Temos um mau augúrio acerca de ti e de quem está contigo. Disse-lhe: Vosso mau augúrio está empoder de Deus; porém, sois um povo que está à prova.
 
48E havia, na cidade, nove indivíduos, que causaram corrupção na terra, e não praticavam o bem.
 
49Eles disseram: Juramos que o surpreenderemos a ele e à sua família durante a noite, matando-os; então, diremos ao seuprotetor: Não presenciamos o assassinato de sua família, e somos verazes (nisso).
 
50E conspiraram e planejaram; porém, Nós também planejamos, sem que eles o suspeitassem.
 
51Repara, pois, qual foi a sorte da sua conspiração! Exterminamo-los, juntamente com todo o seu povo!
 
52E eis suas casas assoladas, por causa da sua iniqüidade. Em verdade, nisto há um sinal para os sensatos.
 
53E salvamos os fiéis benevolentes.
 
54E recorda-te de Lot, quando disse ao seu povo: Cometeis a obscenidade com convicção?
 
55Acercar-vos-eis, em vossa luxúria, dos homens, em vez das mulheres? Qual! Sois um povo de insensatos!
 
56Porém, a única resposta de sue povo foi: Expulsai a família de Lot de vossa cidade, porque são pessoas que seconsideram castas!
 
57Mas o salvamos, juntamente com sua família, exceto sua mulher, que somamos ao número dos deixados para trás.
 
58E desencadeamos sobre eles uma tempestade. E que péssima foi a tempestade para os admoestados!
 
59Dize (ó Mohammad): Louvado seja Deus e que a paz esteja com os Seus diletos servos! E pergunta-lhes: Que épreferível, Deus ou os ídolos que Lhe associam?
 
60Quem criou os céus e a terra, e quem envia a água do céu, mediante a qual fazemos brotar vicejantes vergéis, cujossimilares jamais podereis produzir? Poderá haver outra divindade em parceria com Deus? Qual! Porém, (esses que assimafirmam) são seres que se desviam.
 
61Ou quem fez a terra firme para se viver, dispôs em sua superfície rios, dotou-a de montanhas imóveis e pôs entre as duasmassas de água uma barreira? Poderá haver outra divindade em parceria com Deus? Qual! Porém, a sua maioria é insipiente.
 
62Por outra, quem atende o necessitado, quando implora, e liberta do mal e vos designa sucessores na terra? Poderá haveroutra divindade em parceria com Deus? Quão pouco meditais!
 
63Também, quem vos ilumina nas trevas da terra e do mar? E quem envia os ventos alvissareiros, que chegam ates da Suamisericórdia? Haverá outra divindade em parceria com Deus? Exaltado seja Deus de quanto Lhe associam!
 
64Ainda: Quem origina a criação e logo reproduz? E quem vos dá o sustento do céu e da terra? Poderá haver outradivindade em parceria com Deus? Dize-lhes: Apresentai as vossas provas, se estiverdes certos.
 
65Dize: Ninguém, além de Deus, conhece o mistério dos céus e da terra. Eles não se apercebem de quando serãoressuscitados.
 
66Tal conhecimento dar-se-á na vida futura; porém, eles estão em dúvida a respeito disso, e, ainda, quanto a isso estãocegos!
 
67Os incrédulos dizem: Quando formos convertidos em pó, como foram nossos pais, seremos, acaso, ressuscitados?
 
68Isto nos foi prometido antes, assim como o foi a nossos pais; porém, não é mais do que fábulas dos primitivos.
 
69Dize-lhes: Percorrei a terra e reparai qual foi a sorte dos pecadores!
 
70E não te aflijas por eles, nem te angusties pelo que conspiram contra ti
 
71E dizem: Quando se cumprirá tal promessa? Dizei-nos, se estais certos!
 
72Responde-lhes: É possível que vos acosse algo do que pretendeis apressar!
 
73Por certo que teu Senhor é Agraciante para com os humanos; porém, a sua maioria é ingrata.
 
74E, em verdade, teu Senhor sabe tudo quanto dissimulam seus corações e tudo quanto manifestam.
 
75E não há mistério nos céus e na terra que não esteja registrado no Livro lúcido.
 
76Sabei que este Alcorão explica aos israelitas os principais objetos de suas divergências.
 
77E que é, ademais, orientação e clemência para os fiéis.
 
78Por certo que teu Senhor julgará entre eles com justiça, porque é Poderoso, Sapientíssimo.
 
79Encomenda-te, pois, a Deus, porque segues a verdade elucidativa.
 
80Certamente, tu não poderás fazer os mortos ouvir, nem fazer-te ouvir pelos surdos (especialmente) quando fogem,
 
81Como tampouco és guia dos cegos em seu erro, porque só podes fazer-te escutar por aqueles que crêem nos Nossosversículos e são muçulmanos.
 
82E quando recair sobre eles a sentença, produzir-lhes-emos da terra uma besta, que lhe dirá: A verdade é que os humanosnão crêem nos Nossos versículos!
 
83Recorda-te de que um dia congregaremos um grupo de cada povo, dentre aqueles que desmentiram os Nossos versículos, os quais serão postos em formação,
 
84Até que compareçam (ante o tribunal). Dir-lhes-á (Deus): Com que então desmentistes os Meus versículos, semcompreendê-los! Que estáveis fazendo?
 
85E a sentença recairá sobre eles, por sua iniqüidade, e nada terão a alegar.
 
86Acaso, não reparam em que temos instituído a noite para o seu repouso e o dia para dar-lhes luz? Por certo que nisto hásinais para os crentes!
 
87E no dia em que soar a trombeta, espantar-se-ão aqueles que estiverem nos céus e na terra, exceto aqueles que Deusagraciar. E todos comparecerão, humildes, ante Ele.
 
88E verás as montanhas, que te parecem firmes, passarem rápidas como as nuvens. Tal é a obra de Deus, Que tem dispostoprudentemente todas as coisas, porque está inteirado de tudo quanto fazeis.
 
89Aqueles que tiverem praticado boas ações receberão maior recompensa e estarão isentos do espanto daquele dia.
 
90Aqueles que tiverem cometido más ações, porém, serão precipitados, de bruços, no fogo infernal. Sereis retribuídos, senão pelo que fizestes?
 
91Tem-me sido ordenado adorar o Senhor desta Metrópole, o Qual a consagrou - a Ele tudo pertence -, e também me foiordenado ser um dos muçulmanos.
 
92(Foi-me ordenado ainda) que recite o Alcorão. E quem se encaminhar, fá-lo-á em benefício próprio; por outra, a quem sedesviar, dize-lhe: Sou tão-somente um dos tantos admoestadores.
 
93E dize (mais): Louvado seja Deus! Ele vos mostrará os Seus sinais; então, os conhecereis. Sabe que teu Senhor não estádesatento a tudo quanto fazeis.
 







Listen Quran Recitation
Mishary Rashed al-Efasy
Prophet's Mosque (4 Reciters)
Mohammed Siddiq Al Minshawy
Abdullah Basfar
Muhammad Aiyub
Sodais and Shuraim





Use the following code to display the Quran Search Box in your website